Foto: Julia Dócolas

#favelasonline: Conexão Berlim – Rio de Janeiro via Twitter

Bem bacana o evento de ontem na Heinrich-Böll Stiftung sobre o poder da internet e os novos atores e cidadãos-repórteres das favelas. Intitulado de #favelasonline, o encontro apresentou o projeto Buzzingcities, das jornalistas alemãs Sonja Peteranderl e Julia Jaroschewski e proporcionou uma roda de perguntas e respostas com três jovens que usam a internet como instrumento de documentação mobilização social  dentro de suas comunidades no Rio de Janeiro: Michel Silva (@vivarocinha), Marina Moreira (@mmari92) e Tiago Bastos (@tigobastos).

Foto: Ines Thomssen
Foto: Ines Thomssen

vivarocinha ‏”Rolezinho de pobre é arrastão, rolezinho de rico é flashmob.”
Marina Moreira “As manifestações das comunidades foram fundamentais para dar visibilidade a questões mais profundas da cidade.”
Tiago Bastos “A comunidade ajuda dando opiniões,sugerindo novas ideias e se possível ajudando nos movimentos que elaboramos.”

Os três responderam via twitter as perguntas de um público diverso que encheu o salão de eventos da Böll, em Mitte – Berlim. Desde questões sobre hospitais, saneamento básico e até a polêmica dos rolezinhos – perecebe-se que, em tempo, a realidade das favelas desceu do morro e é de conhecimento até de quem mora longe, graças ao acesso à internet que “horizontaliza”  e simplifica a comunicação por meio de uma tecnologia simples e cada vez mais acessível a todos.

Ficamos na torcida e na espera por eventos como interativos como esse. No final, muitos dos participantes pediram para que a equipe transmitisse ao colegas “tuiteiros” do Brasil um caloroso muito obrigado.