Arquivo da tag: Chocolate

Últimas de Berlim

Teve de tudo nessa semana, queda na temperatura, sol, e, de novo, muita chuva e tempo cinza. Pra quem pretende vir à Berlim nos próximos dias é bom se preparar porque é capaz de nevar. Escrevo aqui as últimas de Berlim, ou ao menos aquilo que foi relevante pra mim nessa semana que termina.

Na quinta-feira o sol apareceu depois de três dias sem dar as caras. Cheguei a flagrar gente parada no meio da rua de olhos fechados curtindo a luz do sol no rosto. É impressionante como o tempo, principalmente o sol, pode servir de antidepressivo pros berlinenses e seus expatriados.

Aproveitei o dia bonito pra tirar um foto da vista do meu escritório. Berlim pode não ser a cidade mais linda da Europa, mas ainda assim, provoca uma paixão inexplicável e compulsiva em certas pessoas como eu.

o céu sobre Berlim

Visitei essa semana o café Westberlin, na Friedrichstr. Super cool, com uma seção de livros de comunicação e design. O chocolate quente deles  de 200ml custa € 3,60 – caríssimo, mas bem melhor do que muita coisa meia-boca de Starbucks e afins. Pena que não tirei foto.

Mas a trégua não durou muito e o final de semana nos recebeu de cara fechada. Aqui muita gente fala que não existe tempo ruim, mas roupas erradas. Mas sério, chuva pesada e dia terminando às 16h30min obriga qualquer um a ficar em casa. Saí sim, pra ir no supermercado que, como em todos os sábados, fica tão cheio como se a terceira guerra mundial fosse começar no dia seguinte. Tem promoção de Milka no Rewe, a barra de 100g sai por 0,79 centavos. Mas segurei a onda e só tirei uma foto. As minas do insta piraram.

img_8812
Vai um chocolatinho aí?

Como não temos como mudar o tempo, o jeito é curtir em casa. Fiz uma sopa com base de molho de tomate, cenoura, batata, batata doce, massinha e salsichinha wiener que encontrei no livro “Familie in Form” (hahahah). Pra acompanhar, um vinhozinho branco da França. Não posso reclamar da vida.

Cardápio de outono: a noite de sábado foi assim.
Cardápio de outono: a noite de sábado foi assim.

E por último, mas não menos importante: depois de sete anos de espera, vou ver o show do Wilco na segunda-feira. Comprei o ingresso há um ano e venho esperando bem feliz. Não vejo a hora.  Wilco e sua Alemanha Impossível me acompanham nessa jornada de quase 8 anos nesse país aqui.

Schmiiiilcooo do Wilco <3
Schmiiiilcooo do Wilco <3

10 chocolates de Berlim (bons e baratos)

Uma das formas de conhecer uma cidade e os hábitos de quem lá mora é visitar um supermercado. Além de economizar é possível descobrir uma série de delícias que nem sempre se encontram na seção de importados nos supermercados do Brasil.

Numa ida rotineira ao Real, uma rede de hipermercados daqui, acabei listando de improviso alguns dos chocolates mais vendidos por aqui (e mais comprados por mim, hehehe). A lista pode servir para quem quer provar algo diferente ou quer levar uma lembrança gostosa da viagem pra casa.

Originais da Alemanha

1. Ritter Sport

Ritter Schokowurfel
Ritter Schokowurfel

Marca made in Germany. As barras da Ritter Sport são caractetísticas pelo seu formato quadrado, dividido em 16 quadradinhos. Existem 32 variações da barra, além das edições especiais lançadas em momentos específicos do ano. Com o slogan “Praktisch, Quadratisch, Gut” (prático, quadrado e bom), os chocolates da Ritter têm um preço acessível (cerca de 0,90 centavos a barra de 100g) e definem bem o estilo alemão: sem muitas firulas, mas cumprindo seu dever com qualidade. Meus preferidos são o Edel-Vollmilch (chocolate ao leite nobre) e Knusperflakes (chocolate com flocos). Também gosto bastante dessa caixinha com as miniaturas, com o formato quadrado típico da marca. Dá pra provar de tudo um pouco e evitar um ataque descontrolado de comer uma barra inteira. A caixa Ritter Sport Schokowurfel custa aprox. 2,60 Euros. A Ritter possui uma loja conceito em Berlim, que atrais principalmente turistas e fãs do chocolate.

2. Zetti – Knusper Flocken

Item da cesta básica dos "Ostálgicos"
Item da cesta básica dos “Ostálgicos”

Chocolate também tem a ver com história. Os “flocos crocantes” da marca Zetti são conhecidos como um dos doces clássicos da Alemanha Oriental e possuem vários fãs saudosos dos tempos da DDR. Os flocos são torradinhas (de pão) misturados ao chocolate ao leite e possuem formato similar aos beijinhos da Hershey’s. Um saquinho com 200g do doce custa 2,80 Euros.

 

3. Leibniz Schokokeks

Biscoito + chocolate = amor
Biscoito + chocolate = amor

A marca Leibniz é original de Hannover e existe desde 1891. Pra quem (como eu) ama a mistura de biscoito com chocolate de verdade (não aquelas massas de gordura hidrogenada dos biscoitos recheados), os Schokokeks são um perigo. Costumo ter uma caixa na última gaveta da mesa do trabalho, para aquelas horas que só um doce pode animar o astral. Pelo que eu sei, marcas similares são vendidas nos supermercados brasileiros, mas o preço é bem mais salgado. Aqui, uma caixinha com 125g (versão ao leite ou meio-amargo) sai por cerca de 1,30 Euros.

Chocolate suíço sueco

Drágeas com gosto de infância
Drágeas com gosto de infância

4. Marabou
A fama dos chocolates suíços não se discute, mas esse representante sueco não deixa a desejar. Os chocolates da Marabou são saborosos e distribuidos em barras generosas de 250g. O Marabou é vendido no Ikea, obviamente, mas encontra-se na Rossmann e às vezes em grandes supermercados. Eu gosto muito dessas drágeas de chocolate ao leite e da versão crocante com Daim. O pacotinho custa cerca de 1,30 Euros.

Amados pelo mundo com versões locais interessantes

5. Ferrero Küsschen (Beijinho do Ferreiro)

20 beijinhos do Ferrero <3
20 beijinhos do Ferrero <3

Outra versão do adorado Ferrero Rocher, o beijinho tem uma avelã inteira com um creme de chocolate mais consistente que o Ferrero original. Coberto com chocolate ao leite ou chocolate branco, o bombom geralmente vem numa caixinha com 20 unidades que custa cerca de 2,70 Euros.

 

 

6. Lindt Hello, my name is peanut butter

Por mais chocolates com manteiga de amendoim!
Por mais chocolates com manteiga de amendoim!

Confesso que não são todos os chocolates da Lindt que me fascinam, mas essas bombons com creme de amendoim são uma loucura. A marca sempre oferece preços promocionais em seus lançamentos, pena que não foi o caso desse pacotinho, mas eu estou de olho. 120g dessa delícia custa cerca de 3,50 Euros.

 

 

 

 

7. Lindt Milchshakepralines

Bombons de mikshake
Bombons de milkshake

A Lindt também vende produtos sazonais, como os bombons de milkshake que fazem os dias tristes de inverno ficarem mais felizes. Nas versões morango, chocolate e maracujá, os bombonzinhos são pequenas doses de grande prazer. Por isso, quem vem na época do frio deve ficar de olho no acervo das lojas da marca ou das grandes lojas de departamento.
A caixa custa 5,90 Euros.

8. Kinder Schokobons

Kinder Ovo to go
Kinder Ovo to go

Mais um integrante da turma da Ferrero, os Schokobons são pequenos bombons ou ovinhos de chocolate Kinder no tamanho de uma bala.  Ao invés de serem ocos como o Kinder original, há um recheio leve de leite com avelã.

 

 

 

9. Milka Choco Moo

Choco Mooooo
Choco Mooooo

Existe uma variedade enorme de produtos Milka na Alemanha. Lembro que algumas versões eram vendidas no Brasil, mas depois saíram do mercado. Uma pena. A Milka também é uma marca bem barata e oferece versões em barra (100g e 300g), caixas de pralines e diversos biscoitos. Esse do Choco Moo apareceu esses tempos nas propagandas do Youtube e eu fiquei louca para experimentar. Um lado é biscoito de leite e o outro é puro chocolate – com forma de vaquinha. O pacote custa 1,80 Euros.

10. Nestlé Choclait Chips

Embalagem legal, chocolate gostoso
Embalagem legal, chocolate gostoso

E de-lhe flocos crocantes cobertos com chocolate. O formato do chocolate lembra os salgadinhos da Cheetos, vai ver por isso o nome Chips. A caixinha dos Choclait Chips é cheia de dobraduras e feita num formato hexagonal. Dá pra fechar de novo, evitando o perigo de comer a caixa toda. Preço 2,19 Euros.

O cheesecake da princesa

Para quem não dispensa um docinho para alegrar a vida, a melhor opção do café com bolo “Kaffee + Kuchen” que eu descobri nos últimos tempos é o Princess Cheesecake, uma confeitaria querida nos arrredores da S-Bahn Oranienburger Str, na Tucholskystr. 37, em Mitte.

Entrada da confeitaria
Entrada da confeitaria

O balcão com as opções de tortas é  de encher os olhos. E além dos doces serem lindos, são deliciosos.  A confeitaria é pequena e cozy, com uma decoração  muito bonita, com móveis clássicos em branco. A sensação é de se estar numa confeitaria em algum lugar do passado na França. As vendedoras usam um aventalzinho retrô e são bem atenciosas, quando se leva em consideração o atendimento de Berlim. Não é incomum passar por ali e ver as mesas cheias… de mulheres, afinal, todas as gurias têm o direito de serem as princesas daquelas delícias, nem que seja de vez em quando.

Balcão das tortas
Balcão das tortas

O melhor momento para ir lá é durante a semana. Durante os finais de semana, o lugar lota e algumas tortas terminam e nem sempre são repostas. Já aconteceu de eu chegar lá num sábado a tarde e, além de não conseguir lugar para sentar, não encontrar minha torta de chocolate imaculada, a Chocoloco, que tem base de biscoito de chocolate e é preenchida por ganache de chocolate meio amargo e branco.

Must eat: Chocoloco
Must eat: Chocoloco

É possível fazer o pedido para levar (que é embrulhado em um papel manteiga rosa bem liiiindo) e comprar uma torta inteira, que sai em torno de 40 Euros. A fatia sai por aproximadamente 4 Euros. Os preços não são muito baratos, paga-se pelo conjunto: um ambiente bonito e agradável e uma experiência gastronômica deliciosa.

O quê: Confeitaria Princess Cheesecake
Onde: Tucholskystr. 37 10117Berlin – Mitte
Quando ir: Dias de semana, de tarde
Com quem: Com a mãe, amigas, ou um livro
Preço: $$$