Arquivo da tag: Programa

Primavera em Berlim

Depois de um inverno não muito frio, porém longo, os berlinenses festejam a chegada de dias mais quentes e ensolarados

Abril faz o que ele bem entende. É  o que os alemães costumam dizer sobre o primeiro mês da primavera. O inverno foi bem ameno se comparado com anos anteriores. Nada de temperaturas na casa dos dois dígitos negativos, nem de acúmulo de neve na altura do joelho nas ruas. Mesmo assim, na semana que antecipou a páscoa, Berlim foi surpreendida por uma chuva de neve gorda. Mas como a temperatura não estava muito baixa, a paisagem não ficou branca por muito tempo.

Neve pesada na primavera.
Neve pesada na primavera.

 

A semana teve tempo feio e ventanias que causaram destruição pelo país. A promessa para o final de semana era de tempo quente e a previsão felizmente não errou. A sexta-feira já trouxe uns 20oC  e muito sol. Os berlinenses dão muito valor ao tempo bom e aproveitam o céu azul e o calorzinho até o anoitecer, por isso, muita gente saiu do trabalho e fez o happy hour no parque.

 

Final da tarde de sexta, Bürgerpark Pankow bem frequentado.
Final da tarde de sexta, Bürgerpark Pankow bem frequentado.

 

O Biergarten do Bügerpark, assim como a maioria dos outros espalhados pela cidade já iniciaram a temporada. O Berliner Zeitung listou os principais que também abriram suas portas.

O que eu gosto em especial nessa época é reparar nos passarinhos cantando. Sempre lembro dos desenhos, em que eles migravam para o sul para passar o inverno. Pelo visto, todos estão de volta anunciando que o calor vem vindo.

Na primavera, restaurantes e cafés enchem as ruas de mesinhas. Mesmo se não está muito calor, há sempre umas cobertinhas em volta das cadeiras para os mais friorentos, pois vale a pena encarar um frio leve e pegar um sol do que ficar em um ambiente fechado.

 

Defina degustar a vida.
Defina apriveitar a vida.

O domingo começou preguiçoso mas o céu está abrindo.  Os parques chamam novamente para um churrasco (outro grande amor dos alemães no calor) ou  um um piquenique.  Na primavera, ée possível aproveitar os espaços públicos sem ter que gastar dinheiro.  Mais além vou preparar um post com uma lista dos programas preferidos dos berlinenses na primavera.

Para quem está vindo por agora, não esqueça de trazer um bom casaco. Mesmo com o sol, basta a noite chegar para a temperatura cair para os 7oC, 5oC. E aproveite, essa é a época do ano mais incrível para se estar na cidade.

IMG_1401

5 dicas para curtir o outono em Berlim

A chegada do outono possibilita aproveitar a cidade de uma maneira bem particular, mais tranquila e ainda na rua, com uma paisagem dourada-alaranjada. O final de setembro já exige que a gente tire um casaco mais quentinho do armário, muda o cardápio dos restaurantes  e oferece uma série de programas bacanas pelos arredores da cidade. Selecionamos algumas dicas para você curtir o que Berlim tem de melhor durante o outono.

1. Aproveitar a temporada gastronômica da abóbora

A temporada da abóbora começou e maioria dos restaurantes já incluiu a fruta nos seus cardápios. Como a temperatura está mais amena, a abóbora aparece em sopas e cremes e como molho de massas. É uma delícia. A temporada vai até metade de novembro.

sopa_abob_trat

 

2. Curtir a paisagem dourada dos parques

Seja para fazer um piquenique, um passeio de bici ou uma caminhada nos dias de sol, os parques de Berlim ficam lindos durante o outono com a queda das folhas. Volkspark am Friedrichshain, Treptower Park e o Tiergarten são sempre boas opções.

20140923_134054
Volkspark Wilmersdorf ainda verdinho

 

3. Conferir o circuito alternativo de cinema

Cinema é um bom programa em qualquer estação. E por sorte, Berlim está cheio de pequenos cinemas alternativos com uma seleção de filmes bem interessante com versões originais (em inglês). Abaixo alguns dos que eu mais gosto.

Kino Eiszeit Kreuzberg

Acud Kino Mitte  / Prenzlauer Berg

Blauerstern Pankow (Só em alemão :( )

Rollberg Kino Neukölln

Descobri um app bem bom chamado Kinoradar que mostra toda a programação atual dos cinemas, basta indicar o PLZ (cep) de onde você está ou ativar o GPS do celular.

Kino International - na antiga Ost Berlin
Kino International – na antiga Ost Berlin

 

4. Perder o medo da sauna

Os arredores de Brandemburgo estão cheios de complexos de águas termais, com piscinas aquecidas e saunas. Quem quer tirar o final de semana para relaxar, pode ficar em um dos hotéis das redondezas ou somente fazer um spa day. Mas nada de mimimi, nas dependências da sauna, aplica-se o conceito da cultura do corpo livre (FKK) – tudo com muito respeito. Quanto melhor as dependências do lugar, mais caro o ingresso, que pode chegar a 70 Euros o Tagesticket. As termas Neurupinn e Bad Saarow são sempre bem recomendadas. Em Berlim, a mais famosa é a Liquidrom, mas eu nunca estive lá. As opções mais em conta são as piscinas públicas (Halle) da Berliner Bäder-Betriebe.

Neuruppin - um paraíso
Neuruppin – um paraíso

 

5. Começar um curso ou um novo hobby

O começo do outono marca o inicio do ano letivo, com ele,  há diversas ofertas de cursos… quem sabe não é a hora de melhorar o alemão, fazer aquele curso de dança ou finalmente ir pra academia? Ano passado nessa época, por exemplo, fiz um curso de dança (valsa, discofox, foxtrott, chachacha, tango e salsa) na Tanzschule am Bürgerpark. As instalações do lugar são tão bonitas que cada aula parecia um baile. Durante as pausas ainda era possível degustar um bom vinho ou uma cervejinha gelada. Imperdível.

Tanzschule am Bürgerpark
Tanzschule am Bürgerpark